en
pt
es
fr
Início::Lazer::Como chegar::A Casa::Aldeia::Preços e Reservas

Aldeia de França

História

Esta ampla freguesia é a mais setentrional do concelho de Bragança, localizando-se junto à orla fronteiriça e abarcando ampla parcela do Parque Natural de Montesinho. Para além da vizinha Espanha, que em ampla extensão lhe serve de limite norte, esta freguesia tem ainda por limítrofes as congéneres Carragosa (a Poente), Rabal (a Sul) e Aveleda (a Nascente).

Distante cerca de dezena e meia de quilómetros para Norte da capital concelhia, tem esta freguesia por principal eixo viário de ligação àquela a fronteiriça E.N. 103-7. Abrangendo uma ampla superfície montanhosa e planáltica, em plena Serra de Montesinho, o território de França é cortado pelo Rio Sabor e pela Ribeira das Andorinhas. Um pouco a Norte da aldeia de Montesinho regista -se a altitude máxima de toda esta área do Parque Natural, mais concretamente 1156 metros.

São três os aglomerados populacionais que integram a freguesia ­ aldeias de França, Montesinho e Portelo ­ com 331 residentes (censos de 1991), bastante menos que os cerca de 612 noticiados em meados do século.

A aldeia de França surge "aninhada" numa prega de terreno, em posição baixa dominada por possantes dorsos montanhosos. Junto ao casario estende-se uma vasta campina, planura verdejante retalhada em pastagens e campos de cultivo, alternância também ela dominante na rústica economia local, dividida entre pastorícia e amanho dos solos. Tomando um caminho em terra batida a seguir à ponte, valerá a pena dar um pulo ao Centro Hípico e apreciar os belos animais ali existentes.

Para além dos apreciáveis trechos de paisagem, uma outra excepcional riqueza jaz oculta no subsolo desta freguesia. Falamos dos recursos da mineração, outrora com grande ascendente nestas paragens, contabilizando-se três minas de estanho (Chaira da Cruz, Vale da Formiga e Portela da Lameira), três de ouro e prata (Covas Altas, Fonte Cova e Vale do Cancelo) e uma de ouro, esta gostosamente denominada Pingão dos Quintais. Os filões d e Ouro e Prata localizam-se junto a França, os filões de Estanho localizam-se próximo do Portelo onde se chega seguindo a E.N. 103-7.

Do passado remoto destas paragens, pouco se tem revelado aos arqueólogos. É de todo provável que já por aqui se tivessem fixado comunidades, pelo menos em épocas castrejas, dada a manifesta proliferação de povoados fortificados da Idade do Ferro em áreas das actuais freguesias limítrofes de Rabal (Castro e Torre de Rabal) e Carragosa (Torre do Castro).

Aconselha-se a visita à Igreja Matriz e a mais dois templetes em Montesinho e Portelo. A ponte que permite vencer o rio, de bela e robusta arquitectura é uma ponte de cantaria, em múltiplos arcos abatidos (de perfeitas e regulares aduelas), dotada de fortes talhamares semicirculares e localizada à entrada da povoação de França. É obra recente, possivelmente já deste século.

Bibliografia

Aldeia de França
Casa da Aldeia de França - http://casadefranca.netureza.pt
email: casadefranca@netureza.pt
Morada - Aldeia de França, 5300-541 FRANÇA -- PORTUGAL
Tel. móvel: (+351) 964 516 337
União EuropeiaPOECorane